domingo, 31 de janeiro de 2016

Cobrança extra na conta de energia deve cair a partir de fevereiro

Consumidores vinham pagando R$ 4,50 por cada 100 kWh consumidos.
conta-de-luzA cobrança extra da bandeira tarifária nas contas de luz vai cair a partir de 1º de fevereiro, informou nesta sexta-feira (29) a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Para cada 100 kilowatts-hora (kWh) de eletricidade consumidos, serão pagos R$ 3 e não mais os R$ 4,50 em vigor desde agosto de 2015.
Mesmo com a redução, a bandeira permanece na cor vermelha, que indica que o custo de produção de energia no país está muito alto. Entretanto, a queda no valor sinaliza que o país saiu do segundo patamar da bandeira vermelha, quando a situação está mais grave e a cobrança extra é de R$ 4,50 para cada 100 kWh consumidos.
A criação desses dois patamares de bandeira vermelha foi aprovada na terça (26) pela diretoria da Aneel. Antes havia apenas um patamar, com cobrança de R$ 4,50.
Os recursos arrecadados com a bandeira tarifária servem para cobrir o aumento de custos no setor provocado pelo uso das termelétricas, usinas movidas a combustíveis como óleo e gás natural e que geram energia mais cara.
As termelétricas substituem, em parte, a geração de eletricidade das hidrelétricas, que sofrem com a queda no armazenamento de água em seus reservatórios, resultado da seca que atingiu principalmente o Sudeste e o Centro-Oeste a partir do final de 2012.
Melhora das chuvas
Em 2015, começou a chover mais nas duas regiões, que concentram hidrelétricas responsáveis por cerca de 70% da capacidade do país de produzir energia. Assim, parte das termelétricas – as mais caras – começaram a ser desligadas. É isso que permite agora a redução no valor da bandeira.
Mantendo-se pelos próximos meses, a recuperação dos reservatórios pode levar a uma redução ainda maior no valor da cobrança ainda em 2015, com a bandeira indo para a cor amarela (adicional de R$ 1,50 para cada 100 kWh consumidos) ou mesmo para a cor verde, quando o consumidor não paga nenhum valor extra.
A cobrança da bandeira tarifária vale para todo o país, exceto os estados de Roraima – que ainda não está interligado ao sistema nacional de redes elétricas e, por isso, é abastecido por energia de termelétricas – e Amazonas, este por força de uma decisão judicial.
*Do G1.com                          http://bonfimnoticias.com/                  
Compartilhar:
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

MOURA MATERIAL DE CONSTRUÇÃO

MOURA MATERIAL DE CONSTRUÇÃO
mais de 20 mil em prêmios

radiopedravermelha.com

OUÇA NOSSA WEB RADIO

OUÇA NOSSA WEB RADIO

POSTO SANTA CRUZ

POSTO SANTA CRUZ
PEDRA VERMELHA

Miro Móveis

Miro Móveis

L N MODAS & ELOAH CONFECÇÕES

L N MODAS & ELOAH CONFECÇÕES
PEDRA VERMELHA

Chiquinho Sena

Chiquinho Sena
Fotos e filmagens

Link Net

Link Net

DS Eletrônica

DS Eletrônica

aqui pode ser o seu apio

aqui pode ser  o  seu apio

Brasileirão 2017 serie A

APOIO

APOIO

2

Seguidores

Total de visualizações